domingo, 16 de março de 2008

A deriva

Bueno, cheguei em Puerto Madryn as 14:20 e pior, nem sabia que havia chegado. Ainda bem que como mudava o fuso horário o ônibus ia ficar parado 1 hora. Na Patagônia a hora é igual a do Brasil.

Sai do ônibus e andando pelo terminal vi uma placa, Bien venidos a Puerto Madryn. Isso depois de um bom tempo uheuheeuheu.

Aí já eram 15 horas, ou melhor 14 horas ainda. Mas tinha que almoçar, procurar lugar pra ficar e ia acabar não dando pra fazer nada. Como não é mais época de baleias, o que eu ia ver aqui eu vejo em Ushuaia. Sendo assim resolvei seguir viagem. Custei a comprar passagem pra Rio Gallegos. Não tem ônibus direto para Ushuaia. Ia sair às 16:30, acabou atrasando e saiu as 18:30. Isso porque eu achei que tinha até perdido, mas ainda bem que não.

Aí foda, me deram a primeira fileira da parte de cima do ônibus, uma merda de desconforto e mais horas e horas de viagem. Fora o tanto que o ônibus para.

Resumo, Puerto Madryn para Rio Gallegos, empresa Los Pigüinos por 152,00 pesos, ainda bem que com cartão, porque efectivo como se diz aqui, não tenho quase nada. Ainda mais depois que comi na lanchonete da rodoviária, que nem é mais caro hueuheuheuh.

E o tempo passando. A gente acostuma a achar que o Brasil e grande, mas a argentina é muito grande. Não esperava perder tanto tempo assim em viagem. Tenho gasto em média 15 horas em cada viagem. Foda.

Continua ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário