quinta-feira, 20 de março de 2008

Parque Nacional Tiera Del Fuego


Sai cedo para pegar um ônibus que ia até o Parque Nacional Tiera Del Fuego, 35 pesos só pra ida e volta, mais 30 pesos pra entrar no parque. Do centro da cidade, ou melhor do porto que é de onde partem os ônibus, até o parque, é mais ou menos uns 40 minutos.

Na entrada do parque recebi um mapa e tchau, o negocio era caminhar sozinho no meio de um bosque as margens do Lago Fagnano, rodeado de montanhas da Pré Cordilheira dos Andes.

Bom, o cenário era simplesmente muito bonito, isso era umas 10h da manhã. Junto comigo devia ter umas 10 pessoas, mais eu não gosto de caminhar em grupo, porque o pessoal anda lento, faz muito barulho e atrapalha as fotos.
Eu não gosto nem um pouco de tirar fotos com pessoas, nem eu mesmo, tiro minhas pra mostrar que estive nos lugares. Fotos só da natureza é outra coisa, a harmonia de cores é fantástica e quando entra uma pessoa no meio, ou algo construído pelo homem, é só pra estragar a harmonia.

No meio do bosque, o cenário me lembrou o filme “A bruxa de Blair”, adivinha se eu não dei um jeito de montar um bonequinho de gravetos e tirar umas fotos uhauhauhauh, tentei até fazer um filminho da clássica cena do close na mulher perdida no mato huauhauh, ficou uma bosta, não levo jeito pra ator, menos ainda pra diretor ou câmera-man uhauhauhauh. Mas valeu a intenção.
Caminhei por 7h seguidas e mesmo sob uma garoa fina intermitente, andando a beira de um lago, no meio de um bosque e as vezes com vento frio, tava custando a aguentar minha blusa. O parque é um labirinto de trilhas e estradas, se não ficar atento no mapa é muito fácil se perder. Mas paisagem é sem igual, vale a pena, tirei um monte de foto de pau uheuheuhe, no bom sentido, bosque é cheio de arvores secas e retorcidas, ou seja, arvore sem fola é pau hueuheuheuh. Expliquei demais né... deixa queto que fica menos pior huauhauhauha.

Voltei pra Ushuaia as 16:30, já com a parte de traz dos meus rodillos todo fudido e dolorido (rodillo para os maliciosos, é joelho em espanhol) kkkkkk. Tava morto de fome também, esse negocio de comer bolacha, chocolate, não dá, se não comer algo quente parece que não comeu nada.
Como eu tenho comprado comida pra eu mesmo preparar, é bom que já vou aprendendo pra quando morar sozinho, mas não sei não, mesmo os pratos pré prontos, tipo, coloque água e leve ao fogo, parece complicado e geralmente não sai lá grandes coisas.
Uma coisa curiosa, geralmente esses saquinhos de sopa, risoto e sei lá mais o que pré pronto, vem dizendo “dá pra 4 porções” exemplo, mas mal dá pra um, foda ou então minha fome ta demais, não é possível.

Mais tarde saí, fui procurar outros turs e ver se conseguia resolver meu problema de grana. As agências de turismo até abriram a tarde, mas bancos, nada.

Voltei, jantei e saí pra ver se achava um lugar legal pra me divertir a noite, mas apesar de ser feriado, não tinha nada de interessante, só caminhar pelas ruas e lojas cheias de turistas. A única coisa que tem são bares mas todos do tipo restaurante ou cafeteria.

Continua ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário